top of page

CRM x ERP: saiba a diferença e quando usar cada um



No mundo empresarial de hoje, onde a tecnologia desempenha um papel crucial na gestão de negócios, duas siglas frequentemente entram em discussões: CRM e ERP. Ambos são sistemas que podem impulsionar a eficiência de uma empresa, mas servem com diferentes propósitos. Neste artigo, vamos explorar as diferenças entre CRM (Customer Relationship Management) e ERP (Enterprise Resource Planning), bem como quando é apropriado usar cada um deles.


CRM: Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente

CRM (Customer Relationship Management) é uma estratégia de gerenciamento que se concentra no relacionamento com os clientes, visando entender suas necessidades, comportamentos e preferências para melhor atender e manter um relacionamento duradouro e benéfico para ambas as partes. Para isso, o CRM conta com tecnologias, processos e ferramentas que auxiliam na implementação dessa estratégia.


Quando usar o CRM:

  • Vendas e Marketing: equipes de vendas e marketing que desejam acompanhar leads, gerenciar contatos de clientes, automatizar campanhas e personalizar interações com clientes.

  • Atendimento ao Cliente: equipes de suporte ao cliente, permitindo que registrem interações, forneçam suporte mais personalizado e resolvam problemas de maneira eficiente.

  • Gestão de Contatos e Comunicações: ajuda a centralizar informações de contato, histórico de compras e preferências do cliente, tornando mais fácil para as equipes de vendas e marketing criar estratégias de engajamento eficazes.


ERP: Planejamento de Recursos Empresariais

O ERP, ou Enterprise Resource Planning, é um sistema abrangente que integra várias funções empresariais, como contabilidade, recursos humanos, logística, gestão de estoque e muito mais, em um único sistema. Seu objetivo é otimizar processos de negócios, aumentar a eficiência operacional e melhorar o fluxo de informações em toda a organização.


Quando usar o ERP:

  • Gestão de Operações Empresariais: é essencial quando se trata de gerenciar operações comerciais complexas, como cadeia de suprimentos, controle de estoque, contabilidade financeira e gestão de recursos humanos.

  • Integração de Dados: quando a organização lida com várias fontes de dados e precisa consolidá-las em um sistema centralizado para tomada de decisões mais eficaz.

  • Processos Empresariais Multifuncionais: é ideal para empresas com várias unidades de negócios ou departamentos que precisam compartilhar dados e processos interfuncionais.


Em resumo, enquanto o ERP é projetado para gerenciar operações comerciais e recursos, o CRM concentra-se na construção e no aprimoramento das relações com os clientes. Ambos são valiosos em suas respectivas áreas, mas para o varejo, onde o cliente é rei, o CRM desempenha um papel central na busca pelas vendas. O CRM da Sellbie é uma ferramenta projetada para atender às necessidades do varejo e é uma escolha inteligente para empresas que desejam melhorar o seu atendimento ao cliente e aumentar seus resultados.


CRM da Sellbie para o varejo

No setor varejista esse é um recurso indispensável, considerando a importância crucial do relacionamento com o cliente. Destacando-se ao oferecer soluções sob medida para as necessidades únicas do varejo, o CRM da Sellbie traz funcionalidades inovadoras. Essas incluem a recomendação inteligente de contatos diários, automação dos processos de vendas, análise avançada de dados e gestão eficiente da performance da equipe. Com o CRM da Sellbie, os varejistas são capacitados a aprimorar a satisfação do cliente, alavancar as vendas e impulsionar o crescimento do negócio.


28 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Gostou desse conteúdo? Receba sempre fresquinho nossos posts.

Obrigado(a)!

bottom of page